Home   |  Núcleo de Memória  |  Relembre  |  Contato  |  Agenda  |  Equipe  |
 
TEMAS DO ACERVO
Mágori Varga Béla

(Imecsfalva, Transilvânia, Hungria-Romênia, 1897 – São Paulo, SP, 1998)

 

 

Auto-retrato do artista

  

 

        O Museu da Abadia São Geraldo reúne uma série de obras deste reconhecido artista húngaro. Entre estudos para afrescos, desenhos e óleos, destaca-se a Via Sacra que pertenceu à Igreja São Bento do Morumbi.

 

Via Sacra - III (Jesus cai pela primeira vez), s.d.

Acervo: Museu da Abadia São Geraldo

 

Via Sacra XIII (Jesus é retirado da cruz), s.d

Acervo: Museu da Abadia São Geraldo

 


        Mágori Varga Béla viveu para a pintura. Ainda criança, na Transilvânia, já demonstrava grande vocação para o desenho. Mudando-se para Budapeste, desenvolveu ainda mais seu talento. Após uma breve interrupção provocada pela 1ª Guerra Mundial, onde lutou como oficial, inscreveu-se na Faculdade de Belas Artes de Budapeste (1922-28) onde foi aluno de Gyula Rudnay. Em 1932 expôs na Itália, alcançando tanto sucesso que Mussolini e o Rei Victor Emanuel compraram seus quadros. Obteve na capital italiana o prêmio Aldobrandini.

 

Colinas, s.d.

 
        Recebeu bolsa do Vaticano e permaneceu 4 anos em Roma. Expôs também na Suíça, nas Bienais de 1940, 1946 e 1949. Após a 2ª Guerra Mundial, teve um breve período de sucesso com exposições em Budapeste. Com a entrada do regime comunista a exposição de suas obras foi proibida, apesar dos temas sociais. Somente após a Revolução de 1956 pode novamente expor sua arte; em 1958 expôs individualmente numa galeria de arte de Budapeste. Amargurado, entretanto, emigrou em 1960 para o Brasil, onde morava seu único irmão vivo.

 

Pescadores, s.d.

 

     Aqui seu trabalho foi reconhecido, tendo recebido em duas ocasiões o prêmio Leirner de Arte Contemporânea (1958-1962), paralelo à Bienal de São Paulo, e que reunia grandes artistas de tendência figurativa recusados pelo júri do evento.
        Em 1983 expôs três obras em mostra organizada pela colônia húngara. Tem quadros em instituições como o Museu Nacional de Roma e museus brasileiros. O Papa João Paulo II foi presenteado com um trabalho seu.
        Uma exposição retrospectiva de sua obra foi realizada em 2010 no Székely National Museum na Romênia.

 

          

Córrego, 1936


Aldeia da Transilvânia, s.d.


Comoção de inverno, 1933





Pesquisar:  


Foram Encontrados 6 Registro(s).